Uberlândia pode ter mais de 45 mil casos suspeitos de coronavírus até junho e sistema de saúde entrar em colapso

A cidade de Uberlândia pode ter mais de 45 mil casos de coronavírus suspeitos até junho de 2020 e o sistema de saúde entrar em colapso devido ao número de internações necessárias pela doença.

As projeções foram anunciadas pelo prefeito Odelmo Leão (PP) e pelo secretário Municipal de Saúde Gladstone Rodrigues, durante coletiva na tarde desta quarta-feira (8).

Segundo o prefeito, em março deste ano foram registrados 155 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave, enquanto que apenas dois casos foram anotados no mesmo período de 2019. “Esses número do mês de março são um sinal de alerta. Eles mostram que o vírus está circulando na cidade”, afirmou Odelmo.

Uberlândia pode ter mais de 45 mil casos suspeitos de Covid-19 até junho

Uberlândia pode ter mais de 45 mil casos suspeitos de Covid-19 até junho

Previsões

De acordo com o secretário de Saúde, até o momento o município tem índice de 7,5 casos confirmados de Covid-19 para cada 100 mil habitantes, o que coloca a cidade em estado de atenção.

“Até 8,5 casos confirmados por 100 mil habitantes estaremos em estado de atenção, porém, a projeção é que ultrapassemos esse número no sábado (11), e entremos em estado de emergência. Se este número chegar a 15, nosso sistema pode entrar em colapso”, explicou Gladstone.

Ainda segundo ele, o isolamento social voluntário tem sido eficaz no combate à contaminação. Sem o isolamento, a previsão era que a cidade tivesse registrado 9.600 casos suspeitos, ao invés dos 1.900 apontados no boletim municipal diário desta quarta-feira.

“O decreto foi apresentado no dia 20 de março, assim, os efeitos só são vistos uma semana depois. Casos de síndrome gripal estavam crescendo, porém, esse crescimento diminuiu a partir do dia 28. Está estabilizado abaixo de 10% e vem mantendo esse índice, mostrando que o isolamento social foi importante”, acrescentou o secretário.

Gladstone e Odelmo Leão em entrevista coletiva em Uberlândia — Foto: Prefeitura de Uberlândia/ Divulgação

Gladstone e Odelmo Leão em entrevista coletiva em Uberlândia — Foto: Prefeitura de Uberlândia/ Divulgação

Colapso da saúde

Apesar das medidas adotadas, Odelmo Leão informou que a previsão é que até o dia 6 de junho a cidade ultrapasse 45 mil casos suspeitos de coronavírus, o que deve gerar o colapso do sistema de saúde pública. A previsão de colapso é quando o município atingir 15 casos confirmados a cada 100 mil habitantes.

“Não estamos convivendo apenas com a Covid-19, mas com outros problemas também. As UTIs [Unidades de Terapia Intensiva] públicas no Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia e do Hospital Municipal estão cada vez mais cheias. As UAIs [Unidades de Atendimento Integrado] também estão todas lotadas”, concluiu o prefeito.

O secretário de Saúde informou, ainda, que se o ritmo de crescimento atual permanecer serão necessários 500 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) apenas para pacientes infectados com o coronavírus. A previsão para junho é de 593 internações em leitos de UTI e 696 nas enfermarias.

“Não temos condições de criar 500 leitos de UTI. O sistema não vai aguentar. Estamos reativando o antigo Hospital Santa Catarina para dar um alívio à nossa rede que já está sobrecarregada. Ainda estamos conseguindo atender, mas se não houver a colaboração da sociedade, não vamos vencer essa batalha. Temos um feriado prolongado, as pessoas precisam ficar em casa e tomar todos os cuidados”, finalizou o prefeito.

Coronavírus: infográfico mostra principais sintomas da doença — Foto: Foto: Infografia/G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *