Grupo é preso com aviões utilizados para transporte de drogas em pista clandestina de João Pinheiro

Dois aviões utilizados no tráfico de drogas foram apreendidos, nesta sexta-feira (28), em uma pista de pouso clandestina na zona rural de João Pinheiro, no Noroeste de Minas Gerais. Cinco pessoas, que não tiveram idade e sexo revelados, foram presas por associação criminosa. A ação foi realizada pela Polícia Militar (PM) da cidade com apoio do Batalhão de Operações Especiais (Bope) de Belo Horizonte.

Segundo a PM, durante a manhã os policiais foram informados de que três pessoas estavam em atividade suspeita no entroncamento das BRs-365 e 040, próximo a Luizlândia do Oeste, distrito de João Pinheiro. E que o grupo comparecia ao local frequentemente desde semana passada.

Durante abordagem, os três informaram aos militares que são naturais do estado do Pará.

Ainda de acordo com a PM, dentro do carro que o trio utilizava foram encontrados três aparelhos de GPS, que indicavam que um avião saiu da Bolívia com destino a uma fazenda próxima ao distrito de Luizlândia do Oeste, a aproximadamente 80 km de João Pinheiro.

Na pista de pouso clandestina, mais duas pessoas foram presas, e duas aeronaves foram apreendidas. Não foi informado se havia drogas dentro dos veículos no momento da abordagem policial.

Conforme os militares, os suspeitos relataram que, na última semana, os aviões foram utilizados para transportar drogas para o estado de São Paulo.

A PM aguarda a chegada de mecânicos, que desmontarão as aeronaves. Não há prazo para que elas seja retiradas do local.

G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *