Com show de Mbappe, França vence a Argentina e avança às quartas de final da Copa da Rússia

Copa do Mundo



Um camisa 10 fez a diferença na partida entre Argentina e França, mas não foi Lionel Messi. O jovem francês Mbappe arrasou a defesa dos hermanos, fez dois de quatro gols de sua seleção e ajudou a equipe a garantir a vaga nas oitavas de final da Copa do Mundo da Rússia, neste sábado (30).

No jogo, que terminou em 4 a 3 para a França, Messi foi o responsável por dois gols, dando o chute que desviaria em Mercado, aos 3 minutos do segundo tempo, colocando os argentinos à frente do placar, e ainda deu um passe açucarado para Kun Aguero marcar o gol da esperança, aos 48 minutos da etapa final, mas foi só.  O craque do Barcelona não desempenhou um bom futebol e – especula-se, pode ter feito sua despedida da seleção azul e branco.

Mbappé, por sua vez, se coloca como um sério candidato a herói desta Copa e entra na briga pela artilharia da competição. Isso com apenas 19 anos.

O jogador foi decisivo ao reverter o placar desfavorável no segundo tempo, com uma arrancada que deixou para trás os defensores da Argentina, aos 19 minutos da etapa final, e em um linda jogada individual, dentro da área, quatro minutos depois.

Foi ele também que sofreu o pênalti, cobrado por Griezmann, aos 13 minutos do jogo, que abriu o placar do confronto das oitavas de final.



O também jovem Pavard completou os gols franceses, aos 12 min do segundo tempo, com um lindo chute de fora da área, demonstrando o potencial da nova geração dos “blues”.

Com a vitória, a França avança às quartas de final da Copa e aguarda o resultado do confronto entre Portugal e Uruguai, na tarde deste sábado, para conhecer o adversário da próxima partida.

À Argentina, resta fazer as malas e contar os “prejuízos”. A seleção deve passar por uma renovação e já contabiliza a baixa de Mascherano, veterano zagueiro que se aposenta da equipe nacional. Messi também pode ser outro a deixar de vestir a camisa azul e branco.

O jogo

A Argentina procurou tomar conta do jogo no início. Tocava mais a bola e dominava o meio de campo nos primeiros minutos. Mas quem assustou primeiro foi a França. Em contra-ataque rápido, Mbappé sofreu falta perto da área. Griezmann cobrou a falta que explodiu no travessão.

Depois disso, a França se animou. No contra-ataque seguinte, Mbappé recebeu a bola na defesa e saiu em velocidade, deixando todo o time argentino para trás e entrando na área. Restou a Rojo derrubar o francês e fazer o pênalti. Na cobrança, aos 12 minutos, Griezmann abriu o placar. França 1 a 0.

A Argentina continuava com sua proposta de tomar a iniciativa do jogo. Tinha mais a bola, trocava passes na intermediária do ataque, mas não ameaçava o gol de Lloris.

Aos 40 minutos do primeiro tempo, quando a Argentina não encontrava espaços para furar a defesa, Di María recebeu da intermediária e deu um belo chute, forte, no canto superior de Lloris. O goleiro se esticou todo, mas não chegou na bola. A torcida argentina, maioria no estádio, começou a cantar alto, como se o jogo fosse em Buenos Aires.

Segundo tempo

No início do segundo tempo, a Argentina virou o jogo. Após cobrança de falta, a bola sobrou para Messi, que bateu para o gol. A bola desviou em Mercado e enganou o goleiro Lloris. Na base da valentia, os argentinos estavam à frente no placar. Mas não durou muito.

O jogo era bom. Após sofrer o gol, a França foi para o ataque e empatou. Pavard recebeu a sobra de bola na entrada da área e pegou de primeira, no ângulo do goleiro Armani. A França chegava com facilidade na área argentina. Mbappé, o melhor jogador da partida, recebeu e, dentro da área, bateu forte para o gol. A bola passou por baixo do goleiro argentino e entrou. Os franceses assumiram a dianteira novamente. E, desta vez, para não perdê-la mais.

Aos 22 minutos do segundo tempo, Mbappé recebeu em velocidade já na entrada da área e bateu na saída de Armani. A França fazia 4 a 2, em um jogo emocionante. A Argentina se lançou ao ataque e dava espaços para a França contra-atacar, com armas perigosas como Mbappé, Pogba e Griezmann.

Aos 47 minutos, a Argentina chegou ao terceiro gol na base da insistência. Messi, em um dos seus lampejos de brilhantismo, cruzou a bola para a cabeça de Aguero, dentro da pequena área. O atacante cabeceou firme para o gol, vencendo Lloris pela última vez.

Após o gol, não houve tempo para mais nada. O juiz decretou o fim da linha para a Argentina nesta Copa do Mundo. A França segue para a próxima fase e aguarda o vencedor de Portugal e Uruguai, que jogam ainda hoje.



 

 

 

1 thought on “Com show de Mbappe, França vence a Argentina e avança às quartas de final da Copa da Rússia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *