Professores da rede estadual em Coromandel entram em greve por falta de pagamento

Coromandel Destaque Coromandel



Professores da rede estadual de ensino que trabalham em Coromandel entraram em greve, por tempo indeterminado, em protesto contra os atrasos no pagamento, por parte do Governo do Estado. A decisão foi tomada na semana passada e começou a valer a partir desta segunda-feira (18).

Com a greve, as aulas nas escolas estaduais foram suspensas, sem previsão de retorno.

Aderiram à paralisação os professores das Escolas Alírio Herval, Clarindo Goulart, Joaquim Botelho, Joaquim José de Assunção, José Emílio de Aguiar, Padre Lázaro Menezes, Osório de Morais, São Geraldo e Tancredo Neves.

Os professores afirmam que só retornarão ao trabalho “quando o Governo cumprir corretamente, com suas obrigações e efetuar o pagamento integral à categoria”.

Os salários do funcionalismo no Estado, que estavam sendo pagos em parcelas, não haviam sido depositados nas contas de mais da metade dos servidores públicos mineiros até sexta-feira. O Governo do Estado alegou que o atraso ocorreu por causa da queda de arrecadação, em consequência da paralisação dos caminhoneiros, no mês passado.

    • Colaborou o jornalista Wagner Honorato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *