PF prende ex-prefeito de Uberlândia e executa mandados em outros seis Estados

Geral Região Uberlândia

A Polícia Federal prendeu, nesta quinta-feira (12), o ex-prefeito de Uberlândia, Gilmar Machado, e outras três pessoas, durante a Operação Encilhamento, realizada em parceria com a Secretaria de Previdência, e que investiga fraudes envolvendo a aplicação de recursos em institutos previdenciários de diversos municípios, em seis Estados.

De acordo com as primeiras informações, além de Gilmar Machado, a Justiça decretou a prisão preventiva do ex-superintendente do Instituto de Previdência Municipal de Uberlândia (Ipremu), Marcos Botelho, e dois ex-integrantes do Comitê de Investimento do instituto, Cláudio Roberto Barbosa e Mônica Silva Resende de Andrade.

Desde a manhã, policiais federais e auditores-fiscais da Receita Federal cumprem 60 mandados de busca e apreensão e 20 mandados de prisão temporária expedidos pela 6ª Vara Criminal Federal de São Paulo, nos estados de SP, RJ, PR, MT, SC e GO, além de Uberlândia.

De acordo com a PF, os investigados teriam participação em um esquema que envolve empresas de fachada e que pode ter causado um prejuízo de cerca de R$ 1,3 bilhão às previdências municipais.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *