Moradores vão à Câmara pedir retirada de postes de alta tensão dos bairros Sagrada Família e Santa Maria

Por Danilo Gonçalo

Um grupo de representantes de moradores dos bairros Sagrada Família e Santa Maria foi à Câmara Municipal de Coromandel, na reunião desta segunda-feira (5), pedir a retirada dos postes de alta tensão que foram instalados em algumas ruas após terem sido deslocados da região central, em meados de setembro de 2017.

Representados na tribuna por Vilma Vieira Borges, os moradores pediram a intervenção da Câmara na questão. De acordo com os munícipes, os postes não oferecem nenhum benefício para a comunidade e, segundo pesquisas realizadas pelos próprios através da internet, podem causar danos à saúde.

“[Quando colocaram os postes] nós pensamos que era para melhorar o bairro, mas com o tempo, ficamos sabendo da história completa e que eles não vão trazer nenhum benefício para nós. Começamos a pesquisar e ficamos sabendo que esses postes de alta tensão trazem riscos para os moradores. Como eles retiraram do centro, nós reivindicamos que retirem dos nossos bairros, também”, explicou Vilma.

As pesquisas e um abaixo-assinado com a adesão de 168 moradores foram entregues aos vereadores.

Os postes, que foram instalados pela construtora Corte Real, já foram motivo de polêmica em agosto de 2017. Na ocasião, a companhia passou a linha de transmissão pela região central, revoltando diversos moradores pela obra ter causado um grande impacto negativo no visual do Centro Histórico.

Com a reclamação da população, a Câmara – representada pelo vereador Darío Machado – buscou, em parceria com o vice-prefeito Juninho Nacif; com o promotor Bruno Marques de Almeida Rossi; e de técnicos da Prefeitura e da Corte Real, uma solução para retirar os postes.

Acordada em setembro entre as partes, a solução foi levar os postes para os bairros para, nas palavras do vereador, à época, “causar o menor impacto na área urbana”.

Após o acordo, os vereadores concordaram, unanimemente, em conceder uma moção de aplauso à empresa realizadora da obra, pela boa vontade em atender aos pedidos da população e das autoridades.

Os parlamentares se dispuseram a ajudar os moradores a negociar a retirada dos postes, porém acrescentaram que a reclamação é tardia, visto que ocorre cinco meses após a primeira intervenção da Câmara no caso.

Relembre o caso

Os postes de alta tensão fazem parte de uma mega obra de infraestrutura para reforçar a distribuição de energia elétrica na região do Pântano, especialmente nas propriedades do produtor rural Inácio Urban, que investiu cerca de R$ 5 milhões nesta obra.

Quando da passagem dos postes pelo Centro, a Corte Real justificou que a Prefeitura, na gestão anterior, foi chamada a participar da escolha do trajeto, porém abdicou de opinar. Eles acrescentaram que o plano era fazer a linha de transmissão por fora da cidade, no entanto, teriam que negociar com um produtor rural de Coromandel para que os postes fossem instalados em sua propriedade. Esse ruralista, contudo, não teria aceitado a proposta, forçando a passagem pela região central.

A movimentação iniciada pela Câmara, em parceria com a empresa, levou à retirada dos postes do Centro, mas o acordo resultou na instalação dos mesmos nos bairros Santa Maria e Sagrada Família.

Compartilhe essa notícia:
Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share