Dupla de Araxá conquista a 9ª edição do Festival Canta Goiá

A dupla Marlon e Daniel venceu a nona edição do Festival Canta Goiá, realizada no sábado (20), na Casa da Cultura de Coromandel, para homenagear o cantor e compositor Gerson Coutinho da Silva.

Marlon e Daniel formaram a dupla há cerca de três meses e tiveram pouco tempo para decorar e preparar a música que seria tocada. Daniel, contudo, já é um experiente participante do Canta Goiá e faturou o primeiro lugar pela terceira vez, anteriormente venceu em outra dupla.

“É um sabor mais que especial. Estamos juntos nesse novo projeto há apenas três meses. O Marlon veio de Foz do Iguaçu, foi uma batalha muito grande para montarmos esse projeto”, comemorou Daniel, após o anúncio da vitória. Eles concorreram com outros 16 artistas (duplas e apresentações solos).

“Sinto uma grande emoção por poder cantar as letras escritas por esse grande poeta, um dos maiores do Brasil e do mundo. Fica um sabor especial por ser a primeira vez que canto em um festival com essa nova dupla em Minas Gerais”, afirmou Marlon, vencedor em sua estréia em Coromandel.

A dupla Lara e Levi, de Carmo do Paranaíba, ficou em segundo lugar na premiação. Bruce e Brener ficaram com a terceira posição.

Os artistas vencedores foram premiados com troféus e um valor em dinheiro, que soma R$ 5 mil.

Além das apresentações dos competidores, o Canta Goiá teve shows de Nelson Coutinho, Bruno e Felipe e uma participação especial de Henrique e Tarcísio.

Prefeitura celebra o sucesso do Festival

A secretária de Cultura, Marta Lemes, afirmou “é muito emocionante ter a oportunidade de ajudar a promover esse festival em homenagem a Goiá. Hoje o Festival está sendo reconhecido por grandes cantores, pela região inteira, isso é muito importante e reafirma o quanto Goiá é importante e como era um grande poeta”.

Nesta edição, o Canta Goiá atraiu artistas de pelo menos dez cidades. Além dos vencedores de Araxá e dos coromandelenses, participaram cantores de Abadia dos Dourados, Carmo do Paranaíba, Lagoa Grande, Monte Carmelo, Patos de Minas, Patrocínio e Uberlândia.

Além de celebrar a realização com sucesso de mais uma edição – a Casa da Cultura estava completamente ocupada de espectadores – a prefeita Dione Peres ressaltou a importância do Festival para homenagear ao grande ícone do município. “Todas as vezes parecem ser a primeira para mim, porque igual a Goiá não tem. Ele foi um cantor e compositor que escrevia com o coração, com a alma. É muito difícil encontrar outro compositor sertanejo com a capacidade que ele tinha de escrever com um português extremamente correto, mesmo tendo pouco estudo, e ter uma melodia que não tem explicação”, finalizou.

 

Compartilhe essa notícia:
Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share