Fortemente armados, bandidos explodem caixas eletrônicos e deixam policial ferido em Serra do Salitre

Criminosos fortemente armados explodiram caixas eletrônicos e tesourarias das agências dos bancos do Brasil e Bradesco, em Serra do Salitre, na madrugada desta quarta-feira (20), e deixaram um policial militar ferido.

O crime teria iniciado por volta das 3h, quando um bando chegou à cidade em pelo menos três veículos. Os criminosos se posicionaram em pontos estratégicos próximos aos bancos e  cercaram o posto policial, para impedir a reação da PM, de acordo com a corporação.

Uma viatura que realizava patrulhamento durante a madrugada notou a movimentação e passou a seguir um dos veículos usados na ação, mas os bandidos notaram e passaram a atirar em direção aos policiais, ferindo o sargento Fernando, no braço.

Leia Também: Gaeco prende delegados e policiais civis da região em operação contra corrupção

O outro policial chegou a pedir reforços, porém com o cerco dos bandidos, a PM não conseguiu dar o suporte ao agente ferido. Ele precisou ser socorrido posteriormente a uma unidade de saúde de Patrocínio. De acordo com informações preliminares, o sargento passa bem, apesar de o projétil ter ficado alojado em seu bíceps.

Enquanto bandidos trocavam tiros com a polícia – o fogo cruzado durou cerca de 15 minutos, outra parte do bando atacou as duas agências, explodiram caixas eletrônicos e as tesourarias e, em seguida, fugiram, sentido à rodovia BR-146.

Leia Também: Homem é alvo de disparos em suposta vingança, mas escapa ileso

As unidades da PM na vizinhança foram alertada e montou cerco para tentar deter os criminosos. As buscas seguem em Serra do Salitre, Patrocínio e Patos de Minas, mas até o momento nenhum envolvido foi localizado.

A PM informou que os bandidos usaram pelo menos dois carros para fugir: uma picape Fiat Toro, de cor vinho e uma Ford Ranger.

Preparados para o confronto

Imagens de segurança e relatos dos agentes que presenciaram o tiroteio revelam que os criminosos são especializados em roubo a bancos e estavam preparados para uma guerra. Os bandidos estavam equipados com armas de grosso calibre, balaclavas (para encobrir o rosto) e coletes a prova de balas.

Região é alvo frequente

Agências bancárias, postos dos correios e correspondentes bancários da região têm sido alvo frequente dos criminosos, que implantam o terror em suas ações. Coromandel foi alvo dos bandidos em julho, bem como Vazante e a própria Serra do Salitre, no mesmo mês. 
Abadia e Romaria também tiveram ocorrências. Uma tentativa também foi frustrada na região, graças a uma blitz de trânsito em Coromandel. Na ação, os suspeitos atiraram uma granada contra uma viatura da PM.

Compartilhe essa notícia:
Share

Um comentário em “Fortemente armados, bandidos explodem caixas eletrônicos e deixam policial ferido em Serra do Salitre

  • dezembro 20, 2017 em 13:57
    Permalink

    Caixas eletrônicos a vitima da vez.
    Quando ocorre algum crime nos caixas, tem que se observar que o inicio desta festa nos crimes começa pela falta de observação da Policia federal.
    Explicando: os bancos todo ano tem que apresentar a PF um plano de segurança onde deve constar as condições de segurança, La esta escrito que no plano tem que recepcionar o artigo 111 da portaria 3233/12, de origem da Lei 7102/83.Ate aqui já se percebe que a PF não esta observando o que diz a lei. Se fosse feito não aconteceria tantos assaltos e roubos, nos caixas.
    Agora vem o pior desses acontecimentos, se acontece este crime e a lei diz que tinha que ter os segurança(chamados vigilantes), claro a seguradora não vai pagar o premio, o pior vem agora com o furto ou roubo , no local que a lei diz que tinha que ter segurança , e não tinha, este valor, será colocado no balanço anual do banco como dinheiro não recebido, quem vai pagar é o cliente, pois esses valores fazem parte do custo do banco , viu que é você que vai pagar ˜!!!, além de ser o setor que mais cresce no pais. A sua custa.
    O bom desta situação, os sindicatos desse segmento em todo o pais tem buscado as câmaras municipais, para dar mais garantias aos funcionários dos bancos e mais empregos para os vigilantes , com projetos de lei e centenas de cidades principalmente no sul , já conta com essas leis aqui no estado se são Paulo tem avançado , no Guarujá , já é lei na baixada santista o sindicato já conta com a câmara de santos que estada o projeto , São Vicente , praia grande Cubatão e outras já tem alguma conversa com diversos vereadores para propor mesmo texto: A base para o município propor lei municipal , esta no Artigo 31 da Constituição Federal, e uma decisão do min Marco Aurélio Mello do STF, e os sindicatos tem sim responsabilidade em buscar esta decisão a procurar as câmaras municipais, pois o cidadão , o trabalhador, o cliente, vivem no munícipio.
    Aqui fica nosso protesto contra a PF , que, como diz o dito popular que estão fazendo vista grossa, isto é suficiente , para alguém fazer uma denuncia ao Ministério Publico federal contra a PF .
    Carlos roberto silveira, silveira2090@gmail.com

    São Paulo. 22/10/2017

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share