Dolina que surgiu em fazenda tem mais de 20 m de diâmetro e profundidade indeterminada

O buraco gigante que chamou a atenção de internautas e que trata-se, provavelmente,  de uma dolina, tem cerca de 20 metros de diâmetro e já foi avaliada por especialistas da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), de acordo com funcionários da Fazenda Santa Cruz e Conceição.

O Jornal de Coromandel esteve no local na tarde desta segunda-feira (13), juntamente com o secretário municipal de Meio Ambiente, Renato Sucupira, mas não pode se aproximar da dolina, porque a gerência da fazenda não liberou o acesso. O secretário foi ao local para avaliar e oferecer o apoio da Pasta para tentar determinar as causas do surgimento da cratera.


Segundo apurou a reportagem, o buraco surgiu no dia 6 de novembro e foi descoberto pelos funcionários da propriedade, que realizavam o plantio de soja na área.

O buraco teria um diâmetro de “mais de 20 metros”, o suficiente para engolir uma plantadeira, por exemplo. A profundidade ainda não foi determinada.

Na semana após o surgimento, pesquisadores da UFU teriam visitado a propriedade para coletar dados e avaliar as razões do acidente geológico.

16 thoughts on “Dolina que surgiu em fazenda tem mais de 20 m de diâmetro e profundidade indeterminada

  • 14 de Novembro de 2017 at 07:13
    Permalink

    Não tenho noção de algo semelhante,e vou pesquisar sobre o tema. Impressionante como a natureza pode produzir fenômenos raros e inesperados.

    Reply
    • 14 de Novembro de 2017 at 14:34
      Permalink

      Na verdade não é tão raro. A dolina, neste caso provavelmente dolina de colapso pode ter se formado por conta da dissolução da rocha.
      Aqui próximo de Brasília tem 2. O buraco das Araras e o buraco das andorinhas.

      Reply
    • 14 de Novembro de 2017 at 12:38
      Permalink

      Ludelmar,

      a dolina está em uma fazenda privada no distrito de Alegre, em Coromandel (MG)

      Reply
  • 14 de Novembro de 2017 at 16:22
    Permalink

    O que é uma Dolina, nunca vi esse termo antes, é muito assustador olhar essas imagens .

    Reply
    • 14 de Novembro de 2017 at 18:58
      Permalink

      Dolina é a mulher do Dollynho….klkklk

      Reply
    • 15 de Novembro de 2017 at 00:57
      Permalink

      Dolina é um termo usado para contrapor a uma Colina.
      Colina é para cima e Dolina para baixo.

      Reply
  • 14 de Novembro de 2017 at 21:22
    Permalink

    Domina é uma feição geológica que surge em ambientes com cavernas subterrâneas. Caso o teto da caverna venha a colapsar, uma depressão se forma na superfície. É uma feição geológica muito comum. Na hora que se está pousando no aeroporto de Confins, próximo de Belo Horizonte, é possível observar INÚMERAS colinas.

    Reply
  • 14 de Novembro de 2017 at 21:41
    Permalink

    Dolinas são frequentes no município de Vazante-MG, próximo a Coromandel-MG, na área da mineradora Votorantim Metais e Zinco.

    Reply
  • 15 de Novembro de 2017 at 09:10
    Permalink

    Não sei exatamente onde, mas a região de Alegre está assentada, conforme mapas da CPRM, sobre coberturas detríticas do cenozoico, tendo o substrato de rochas da formação Serra de Santa Helena do Grupo Bambuí. Ainda na região tem-se também a formação Serra do Garrote, que a semelhança do Grupo Bambuí ocorrem rochas carbonáticas. Realmente tudo leva a crer que seja uma dolina de abatimento por dissolução do CaCO3.
    Vi comentário que a água do ribeirão próximo secou e pode ter sido drenado para a formação carbonática e aí provocado o abatimento. Acho que está muito mais relacionada a crise hídrica com baixa pluviometria dos últimos 4 anos e o reflexo de rebaixamento piezométrico do aquífero e consequente alívio pressão em cavernas.

    Reply
  • 15 de Novembro de 2017 at 15:20
    Permalink

    Eu sou ambietalista e estou no Ceará precisamente em Juazeiro do norte.Aqui o Brasil não tem ideia do que é sugado do aqüífero.Sao milhares de fontes clandestinas que drenam diariamente milhões de metros cúbicos de água…O colapso é eminentemente e não demorará para haver uma catástrofe natural sem precedentes..o subsolo não vai aguentar este ritmo assustado.Prof e jornalista Eliseu joner

    Reply
  • 15 de Novembro de 2017 at 18:41
    Permalink

    Dolina é a filha da Dilma

    Reply
  • 15 de Novembro de 2017 at 21:38
    Permalink

    hahahahahahahahaha

    Reply
  • 16 de Novembro de 2017 at 08:21
    Permalink

    Essas formações são até comuns em Coromandel. Inclusive é consenso que o Poço Verde advém de uma dolina que sofreu inundação. Segue o jogo…

    Reply
  • 16 de Novembro de 2017 at 09:12
    Permalink

    oque eu acho engraçado são as fotos tantos meios para tirar fotos do buraco por exemplo com Drone poderiam tirar fotos melhores até mesmo de dentro do buraco…

    Reply
  • 16 de Novembro de 2017 at 21:59
    Permalink

    Procurado na Fazenda, Henrique Meirelles declarou, na minha pasta, colina é quando a inflação deixa o governo com cara de tacho.
    Dolina, o rombo da previdência, só que o buraco é mais em baixo.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *