Câmara tentará remoção de postes colocados na região central por empresa de energia

A Câmara Municipal de Coromandel se comprometeu, nesta segunda-feira (28), a buscar a remoção dos postes de energia elétrica colocados na região central e que provocaram polêmica na cidade, nos últimos dias, devido à alteração no visual e ao potencial prejuízo que pode causar aos moradores. Diante da repercussão negativa, as obras foram paralisadas.

A intenção de buscar meios para que a Cortes Real retire os postes foi comunicada aos sócios e representantes da empresa, Alessandro Vieira e Wendell Gonçalves, que estiveram na Casa de Leis, na sessão desta segunda.

O vereador Darío Machado afirmou que a instalação dos postes causou prejuízos ao meio ambiente e à aparência da região central. “Visualmente, essa rede foi um desastre para a cidade. Se não tivesse alternativa, nós teríamos que nos curvar diante da situação e dizer amém. Mas tem alternativa, e sendo assim, na condição de vereador e representante do povo de Coromandel, tomarei todas as medidas necessárias para que essa obra não continue e seja removida deste local”.

O presidente da Câmara, Daniel Flavio Carneiro Cruvinel reforçou que “o visual da cidade ficou péssimo” e que deseja uma solução para que os postes não permaneçam no traçado atual. 

Reforço de rede

Os postes fazem parte de uma mega obra de infraestrutura para reforçar a distribuição de energia elétrica na região do Pântano, especialmente nas propriedades do produtor rural Inácio Urban, que investiu cerca de R$ 5 milhões nesta obra.

Os vereadores afirmaram que compreendem a importância do empreendimento, mas querem que o produtor, juntamente com a Cemig e a Corte Real, passem os postes por fora da cidade.

De acordo com os proprietários da Corte Real, a remoção será uma dificuldade para a empresa de Patos de Minas, pois cerca de 80% do cronograma de instalação  já foi executado na cidade.

Falha na Comunicação

Os empresários da Corte Real justificaram que a Prefeitura, na gestão anterior, foi chamada a participar da escolha do trajeto, porém abdicou de opinar. Eles acrescentaram que o plano era fazer a linha de transmissão por fora da cidade, no entanto, teriam que negociar com um produtor rural de Coromandel para que os postes fossem instalados em sua propriedade. Esse ruralista, contudo, não teria aceitado a proposta.

postes camara

 

One thought on “Câmara tentará remoção de postes colocados na região central por empresa de energia

  • 29 de Agosto de 2017 at 19:48
    Permalink

    A Câmara municipal e a Administração atuais tem uma grande responsabilidade em mãos, pois devem respaldar principalmente pela segurança do coromandelense. Pois o nível de tensão desta rede é de 34.500 volts, ou seja, mais de duas vezes o nível adotado pela Cemig em redes de distribuição urbanas. Isso significa mais risco a população e principalmente aos trabalhadores da construção civil, que são mortos e mutilados ano apos ano por acidentes cada vez mais frequentes com a rede elétrica.
    Não faltam exemplos, mas em Monte Carmelo no dia 21/02/2016 ocorreu um acidente com a rede de distribuição (13800 volts) que foi documentado, por Deus não houve nenhuma vitima.
    Pela ganancia, maximização dos lucros muitos adotam os meios mais fáceis justificando os fins. Se há outras alternativas então porque não utiliza-las.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *