PM prende três e apreende um menor envolvidos em assalto a posto de combustível

+Cidade Coromandel Destaque Coromandel Polícia TV1

A Polícia Militar (PM) prendeu três homens e um adolescente suspeitos de terem participado do assalto a um posto de combustível, em Coromandel, no último domingo (20), e que terminou com um frentista ferido na cabeça por um disparo de arma de fogo.

De acordo com o tenente Leonel da Silva Nunes, comandante da 98ª Cia. da PM, dois dos quatro criminosos foram presos na noite de segunda-feira (21), após uma perseguição, iniciada no bairro Liberdade (MSX) e encerrada no Taquaril. No momento da abordagem, os presos confessaram participação no assalto e contribuíram com informações para a localização dos outros comparsas.

O terceiro envolvido foi detido no início da manhã desta terça-feira (22). Já o menor foi apreendido e encaminhado pela Justiça ao Centro de Apoio ao Adolescente de Patrocínio (CIAP), onde ficará internado.

A Polícia identificou que os três criminosos adultos possuem ficha criminal: dois estavam em liberdade condicional e outro em liberdade provisória. Com uma rápida atuação do Ministério Público e do Judiciário, o trio teve os benefícios de liberdade revogados e ficarão presos de forma preventiva.

Imagens de Segurança

O comandante da 98ª Cia. afirmou que a prisão dos criminosos se deu com a ajuda das câmeras de monitoramento do Posto Riacho, onde ocorreu o roubo. “A partir da visualização dessas imagens, conseguimos identificar que os autores eram de Coromandel e iniciamos o rastreamento para localizá-los”.

Abusos seguidos

Além de responderem pelo assalto, os dois criminosos que foram presos na noite de segunda aumentaram a lista de acusações individuais durante a abordagem. Um vai responder por dirigir perigosamente ao tentar escapar do cerco policial, ou outro, que era passageiro no veículo, tentou evadir a pé e responderá por Desobediência.

Estado de saúde do Frentista

O funcionário do Posto Riacho atingido por um tiro na cabeça está fora de perigo. Informações preliminares dão conta de que o projétil não causou danos à massa encefálica. Foi necessário submeter o frentista a uma cirurgia devido à perfuração craniana superficial.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *