Amipa vai instalar usina de beneficiamento de algodão em Coromandel

A Associação Mineira de Produtores de Algodão (Amipa) deverá instalar uma usina de beneficiamento de algodão, em Coromandel, nos próximos meses. As tratativas para acertar o investimento avançaram nesta quinta-feira (27), em reunião realizada na sede da Prefeitura de Coromandel, na qual estiveram presentes a prefeita Dione Peres; o vice-prefeito, Marcos de Siqueira Nacif Júnior, o Juninho Nacif; o presidente da Amipa, Inácio Urban; o diretor executivo da associação, Lício Sairre Pena; o presidente da Acic/CDL, Erasmo Carlos Rabelo; o secretário municipal de Obras, Clayton dos Passos; e os produtores Leonardo Daguer e Pedro Evandro Guimarães Chicarino.

A prefeita Dione Peres comemorou o avanço nas negociações com a Amipa e destacou o retorno que a usina de beneficiamento de algodão poderá trazer para o município: “Em um momento como esse, de crise e desemprego, trazer essa indústria para Coromandel tem uma importância imensa. Além de aumentar a arrecadação de impostos, vai gerar empregos, que é hoje a maior necessidade do povo de nossa cidade”.

De acordo com o diretor-executivo, Lício Pena, com a implantação da usina, “serão gerados cerca de 70 empregos diretos e um número considerável de indiretos, na área de logística e nas fazendas”.

O presidente da Acic/CDL, Erasmo Carlos Rabelo, que também é produtor rural e deverá aderir ao projeto da Amipa, avaliou que a usina também beneficiará ao comércio da cidade. “Trazer essa algodoeira para cá nos dá mais uma alternativa de produção agrícola e, consequentemente, vai gerar mais empregos, mais renda e fomentar, com certeza, o comércio. Para nós produtores, para a CDL e para o município, esse investimento será ótimo”, afirmou.

Para viabilizar a implantação da usina de beneficiamento de algodão, a Prefeitura irá conceder um terreno e levar energia elétrica até a porta da indústria, contrapartida considerada fundamental para que a associação invista em Coromandel. “O gestor público que incentiva a geração de empregos diminui a demanda de trabalho na própria prefeitura, vai melhorar o nível salarial e gerar mais renda na cidade. Dar uma contrapartida é o mínimo que o município pode fazer”, afirmou o diretor-executivo Lício Pena.

O terreno que será concedido à Amipa possui área de 4,7 hectares e está localizado no Distrito Industrial de Coromandel, às margens da Rodovia MG-188. De acordo com o secretário de Obras, Clayton dos Passos, a concessão da área será realizada após a anuência da Câmara Municipal – o projeto deverá ser encaminhado em breve à Casa de Leis – e com a assessoria e supervisão do Ministério Público.

Mais benefícios

O presidente da Amipa, Inácio Urban, destacou que a usina de beneficiamento é parte de um pacote de ações, que prevê principalmente o fomento da plantação em Coromandel e no Estado.

Na reunião com a Prefeitura e produtores, o presidente da Amipa falou sobre as vantagens da plantação do algodão, que apesar de ser uma cultura que requer alta capacitação técnica, oferece boa rentabilidade aos produtores.

“Comparado com as culturas que temos na região, milho e soja, o algodão é mais interessante, vale muito a pena para o produtor”, afirmou Urban, que tem experiência de mais de uma década com a oleaginosa.

Inácio Urban ressaltou que o algodão é uma alternativa viável e rentável para a rotação de cultura e que pode ainda impactar positivamente em uma das atividades principais do município, que é a pecuária.

“O caroço do algodão é extremamente benéfico para a pecuária, servindo na alimentação do gado leiteiro e de corte, então, os pecuaristas terão mais uma opção para facilitar o trato dos animais”.

Pelo menos cinco grandes produtores de Coromandel e região já demonstraram interesse em inserir o algodão em suas áreas, aproveitando o investimento da Amipa no município.

One thought on “Amipa vai instalar usina de beneficiamento de algodão em Coromandel

  • 28 de Julho de 2017 at 09:41
    Permalink

    Muito bom para nossa cidade, parabéns à todos envolvidos neste novo projeto..

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *