Patos de Minas figura entre os 50 municípios do Brasil que mais geraram empregos no 1º semestre

Patos de Minas Região

Um levantamento do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados pelo Ministério do Trabalho , neste mês, mostra que dentre os 5.561 municípios do Brasil, Patos de Minas figura entre os 50 que mais geraram emprego de janeiro a junho. No ranking, o município em 43º lugar, sendo o sexto no estado de Minas Gerais.

O estado de Minas Gerais no mês de junho liderou o ranking de emprego formal, segundo o Cadastro Geral. A quantidade de admitidos e desligados no mercado de trabalho alcançou 15.445 vagas, superior inclusive ao do Brasil no período (9.821). O segundo lugar ficou com o Mato Grosso (5.779) e o terceiro lugar com Goiás (4.975).

Patos de Minas gerou 11.148 mil empregos e 9.857 mil desligamentos do mercado de trabalho, uma variação positiva de 13% em relação ao desemprego. O setor que mais empregou formalmente foi o da agropecuária com 521 empregos formais.

No Brasil, foram criadas 67,3 mil vagas de trabalho com carteira assinada no primeiro semestre do ano, um saldo positivo que não era registrado desde 2014. Só para se ter uma ideia, no acumulado do ano passado, o país eliminou mais de 1,3 milhão de postos de trabalho, considerado o segundo pior de toda a série histórica do Caged, iniciada em 2002. O pior havia sido em 2015, quando 1,54 milhão de brasileiros perderam seus empregos.

O resultado parece ser modesto, mas indica que há uma retomada do mercado de trabalho. Na avaliação do prefeito de Patos de Minas, José Eustáquio Rodrigues Alves, apesar da crise econômica, o município tem reagido de forma positiva. “Apesar dos desafios financeiros, buscamos cuidar de Patos de Minas para que seja uma cidade com estrutura e qualidade favorável a criação de novos postos de trabalho”, salientou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *