Dupla de Uberlândia vence a 8ª edição do Festival Canta Goiá

A dupla Igor Maia e Guilherme venceu a oitava edição do Festival Canta Goiá, promovido pela Prefeitura de Coromandel em homenagem ao cantor e compositor Gerson Coutinho da Silva, uma das maiores referências da música sertaneja e que levou o nome do munícipio para todo o Brasil e diversas partes do mundo.

Igor Maia e Guilherme, que são coromandelenses, mas residem em Uberlândia, ficaram juntamente com a dupla de Araxá, Johny e Douglas, na primeira posição, após um empate técnico na primeira avaliação dos jurados. Depois de uma deliberação entre os avaliadores, Igor e Guilherme foram escolhidos os vencedores.

Igor Maia e Guilherme se apresentaram com a música “Jardineira do Adeus” e encantaram o público e os jurados com a qualidade técnica e entrosamento. Johny e Douglas cantaram “Mais uma Noite sem Meu Bem”.

A terceira colocação ficou com a dupla Beto e Agnaldo, de Patrocínio, que se apresentou de forma bastante descontraída cantando “Pé de Cedro”.

O 8º Festival Canta Goiá foi realizado no auditório da Casa da Cultura, que ficou completamente lotado durante as apresentações. Pelo palco, 19 competidores – entre apresentações solo, em duplas e em trios – disputavam a premiação máxima de R$ 2.500 para o vencedor. Segundo e terceiro colocados também receberam uma premiação em dinheiro e um troféu.

Além dos artistas que se apresentaram para competir pelas premiações, o irmão de Goiá, Nelson Coutinho, realizou um emocionante tributo ao lado da cantora Karol Figueiredo. A Orquestra de Violeiros de Coromandel abriu o evento e, encerrando a noite, Luiz Mazza fez um show relembrando grandes representantes da música sertaneja.

 

Em breve mais fotos e informações sobre o 8º Festival Canta Goiá! Fique ligado em nosso site.

2 thoughts on “Dupla de Uberlândia vence a 8ª edição do Festival Canta Goiá

  • 1 de maio de 2017 em 23:11
    Permalink

    QUERIA SABER MAIS SOBRE AQUELA CRIANCINHA QUE CANTOU RECORDAÇÃO NO FESTIVAL CANTA GOIÁ, OBRIGADO.

    Resposta
  • 3 de maio de 2017 em 20:26
    Permalink

    Nara Aparecida De Araújo Oliveira · Escola Estadual Prefeito José Franco de Gouveia
    Fui ver e encantei com a cidade e o povo receptivo até demais. Que coisa de louco. Num país, hoje carente de almas boas, valeu por ter ido. Festival CANTA GOIÁ de alto nível. A única nota discrepante é no tocante aos Jurados. Pude ouvir os comentários dos mesmos, pois sentei-me na cadeira a frentes deles. Zombavam de alguns participantes, uma bonita garota de PatrocínIo, quando entrou no palco, ouvi o seguinte comentário: COM ESTAS COXAS GROSSAS, JÁ GANHOU. A boa cantora errou a letra e um deles tacou: NÃO ANDIANTOU AS COXAS GROSSAS. . Uma dupla da cidade, simples, mas, afinados, cumprimentou os jurados e a banda. Um membro não perdoou e disse que “eles estavam fazendo média e que isto não ia adiantar”. Fiquei observando e vi que eles conversavam entre si sem prestar atenção no que deveriam julgar. . Palavras de baixo calão era a vontade. Um disse que ” O participante tal deu CAGANEIRA ” . Eram tão desconcentrados nas ações que um “julgador” perguntou se uma dupla que se apresentava de forma especial, em participar estava participando, pois não tinha ” no nome deles na lista”. Uma total falta de respeito ao grande evento. Minha sugestão é que os critérios na escolha da participação dos jurados é tão importante quanto a realização do evento. E que na próxima, fiquem longe um do outro e assim, eles possa dar o veredito de forma não corporativa como foi e notei. Ser empresário de duplas sertanojas, locutor de rádio e outros afins sem entender do riscado como deveria, não dá condições, prerrogativas e méritos para ser jurado num evento tão significativo como este que tive o prazer de assistir. FICA A SUGESTÃO.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *