Ministério da Saúde libera R$ 6,9 milhões para cidades da região

O Ministério da Saúde liberou, no dia 3 de fevereiro, quase R$ 7 milhões para dois municípios da região, Patos de Minas e Patrocínio. Coromandel não foi incluído no pacote de benefícios concedidos pelo governo às redes de saúde que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Em todo o Estado, a Pasta distribuiu mais de R$ 535 milhões a 138 municípios.

De acordo com o Ministério da Saúde, o recurso liberado para os municípios é uma contrapartida federal para a manutenção de leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI), voltados para os atendimentos de urgência e emergência, saúde bucal, saúde mental, rede de atenção à urgência e emergência, além do custeio de serviços hospitalares e ambulatoriais voltados à assistência especializada, incluindo os atendimentos de média e alta complexidade, como oncologia.

Outra verba de mais de R$ 200 milhões foi liberada para vários municípios para construção de academias de saúde, centros de atenção psicossocial, unidades básicas de saúde, unidades de pronto atendimento, entre outros equipamentos da área.

Leia Também: Dione cancela Carnaval de Coromandel 

Leia Também: Famílias vão à Câmara pedir moradias populares e relatam ameaças

Patos de Minas recebeu R$ 3,8 milhões, que serão divididos entre os hospitais Antônio Dias e São Lucas e com a rede de assistência psicossocial.

Patrocínio recebeu R$ 3,1 milhões para custeio de leitos normais e de terapia intensiva e de serviços de alta complexidade da Santa Casa de Misericórdia, e também da rede de assistência psicossocial.

Outros municípios do Triângulo Mineiro também foram atendidos em demandas e receberão verba do Ministério da Saúde. Araguari terá mais de R$ 720 mil para a Santa Casa de Misericórdia. Para Uberlândia, o desembolso superou R$ 4,1 milhões, que serão destinados para diversos setores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.