PM lança serviço para combater furto e roubo de telefone celular

Atualmente, o Brasil possui cerca de duzentos e oitenta milhões de aparelhos celulares, os quais fazem parte do rol de objetos que agregam importantes funcionalidades para o dia-a-dia do cidadão, mas também representam “desejo de consumo” e “status social”.

Como consequência, os aparelhos celulares estão entre os alvos favoritos dos cidadãos infratores, por serem facilmente comercializados no mercado negro, uma vez que a população brasileira não tem o hábito de utilizar o IMEI (International Mobile Equipment Identity/Identificação Internacional de Equipamento Móvel) para cadastro do aparelho subtraído na blacklist da Anatel, que é uma forma de bloquear a sua utilização para realização de ligações telefônicas. Cada aparelho possui IMEI único e individual, o qual pode ser identificado pelo usuário ao ser digitado teclado telefônico a seguinte sequência: *#06#.

Apenas três por cento das vítimas de crimes que envolvem furto/roubo/perda de aparelhos celulares informam o IMEI no momento do registro da ocorrência policial, fato que também causa um grande obstáculo no combate à esta modalidade criminosa, uma vez que se torna praticamente inviável a identificação de milhares de aparelhos ilegais que são recuperados durante o serviço policial (ocorrências de receptação e abordagem de infratores).

Leia Também: Dione começa mandato com seis Secretarias, metade comandada por mulheres

Leia Também: Dione reafirma intenção de anular concurso público aberto por Osmar

No último dia 6 de dezembro, iniciamos a utilização da plataforma “Celular Seguro” nos municípios sob a responsabilidade do 46º BPM. Este sistema visa à formação de uma base de dados com a maior quantidade possível de celulares cadastrados, a fim de reduzir ao máximo este gargalo que possuímos. O sucesso do projeto está na necessidade de adesão do maior número possível de cidadãos, a exemplo do cadastro de veículos automotores, que contempla a totalidade da frota circulante.

Os dados são sigilosos e estarão hospedados no servidor da Polícia Militar. O cadastro é realizado no portal policiamilitar.mg.gov.br/celularseguro. Fiquem atentos às diversas “dicas de segurança” que são divulgadas pela 98ª Cia PM, pois elas garantem uma melhoria da proteção das pessoas e de seu patrimônio. Maiores esclarecimentos estão à disposição da população no portal, bem como pelos policiais e quartéis da polícia militar.

Polícia Militar, movidos pelos orgulho de servir e proteger o povo mineiro!

Por tenente Leonel da Silva Nunes, Comandante da 98ª Cia da PM em Coromandel

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *