Em busca de apoio na Câmara, Dione pede “amizade e harmonia” a vereadores eleitos

Coromandel Destaque Coromandel

Em seu discurso após ser diplomada, na noite de quarta-feira (14), a prefeita eleita Dione Maria Peres (PMDB) pediu que aos vereadores que comporão a Câmara Municipal a partir de 1º de janeiro de 2017 tenham amizade e harmonia para com ela.

“Vamos trabalhar juntos, vamos ser amigos, vamos ser harmônicos, vamos fazer o bem para Coromandel”, clamou a prefeita, após parabenizar os 11 vereadores diplomados para o mandato 2017-2020.

Dione afirmou que, para garantir o crescimento de Coromandel, será necessário o esforço e comprometimento da Câmara. “Não serão dias de glória. Em meus oito anos, a economia estava em alta, mas nós podemos fazer muito com o pouco que tivermos. É só fazer com seriedade, honestidade, com compromisso”, declarou.

Além de pedir apoio, a prefeita aproveitou o discurso para abrir um canal de comunicação com a Câmara. “Se eu errar, cheguem em mim e falem: ‘Dione, eu não gostei disso’. Vamos dialogar, construir uma Coromandel melhor. Principalmente em um momento difícil como esse”, acrescentou.

Durante a cerimônia, Dione cumprimentou um a um os vereadores que foram diplomados.

De olho na Câmara

O discurso de Dione reforça a busca para formar um Legislativo ‘parceiro’ no próximo ano. Até o momento, a prefeita eleita não tem maioria na Câmara Municipal.

Dos 11 vereadores da próxima legislatura, cinco são de seu partido, o PMDB, e dois são foram aliados nas urnas, um do PV e outro do DEM, partido do vice-prefeito Juninho Nacif. A oposição, contudo, também fez cinco parlamentares. O vereador Carlos Amado, o Kaká (PT), deve ser o fiel da balança na Câmara.

diplomacao6

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *