Artigo: “Impacto do estresse no trabalho”

Colunistas Dra. Flávia Beatriz Pereira

capa-dra-flavia beatriz

Todos os dias, milhares de profissionais levantam cedo e só voltam para suas casas após uma longa jornada de trabalho.

A vida atarefada é uma realidade de quase todos. O que não é novidade para ninguém. O grande problemas é que o excesso de atividades e a escassez de tempo tem trazido uma série de problemas psicológicos para a população de um modo em geral.

O mais comum entre os transtornos é o estresse. E os impactos dele no trabalho, na vidas pessoal e profissional são muitos.

Dados indicam que mais de um milhão de profissionais foram afastados de suas atividades por conta de problemas causados por ele nos últimos anos.

Os problemas vão desde apenas mudança de humor e dificuldades  para dormir até consequências físicas diretas como insônia, transtornos alimentares, depressão, ansiedade, problemas cardiovasculares, prisão de ventre, dores de cabeça e diabetes.

Um estudo realizado na Universidade de Harvard, afirmou que atuar em ambientes estressantes e tenso pode aumentar em até 70% o risco de infarto em mulheres  e em 40% o de outras enfermidades cardiovasculares.

A convivência com chefes e colegas mal humorados,  más condições no ambiente de trabalho excesso de atividades pressão demasiada pro resultados busca da perfeição e medo de demissão.

Compartilhar os problemas diários com profissional, companheiro ou qualquer pessoa querida e próxima, não tentar resolver tudo sozinho, realizar atividades fisicas, evitar levar trabalhos para casa  – pois é o ambiente de descanso, convivência familiar e lazer –  fazer  pequenos  intervalos entre as atividades, manter a calma nas reuniões e  no relacionamento em ambiente corporativo, são atitudes que devem ser tomadas  para que as pessoas  conservem sua saúde mental e física, convivendo e uma forma feliz  e saudável.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *