IMA vai fiscalizar 700 propriedades no vazio sanitário da soja em MG

Começa na próxima sexta-feira (1/7) o período do vazio sanitário da soja, que prosseguirá até 30 de setembro em todo o território mineiro. Durante 90 dias estará proibido o plantio deste grão no estado, exceto para as situações previstas na legislação e desde que autorizado pelo Comitê Estadual para Controle da Ferrugem Asiática da Soja, presidido pelo Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA).

O IMA prevê fiscalizar aproximadamente 700 propriedades rurais em todo o estado durante os 90 dias de vigência do vazio sanitário.

A medida está estabelecida pela Resolução nº 1.393/2015 da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) e Portaria nº 1503/2015 do IMA. O objetivo é prevenir e controlar a ferrugem asiática, praga causada pelo fungo Phakopsora pachyrhizi e que destrói a planta infectada.

Além da proibição de novos plantios, durante o vazio deverão ser exterminadas todas as plantas vivas remanescentes de safras anteriores, o que poderá ser feito com a utilização de produtos químicos ou outras formas de erradicação.

O produtor que for notificado pelo IMA por manter a planta na sua lavoura e que não exterminá-la em prazo de 10 dias após a notificação estará sujeito a multa de 1,5 mil Unidades Fiscais do Estado de Minas Gerais (Ufemgs), o equivalente a R$ 4.516,35.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *