Coromandelense é selecionado para Prêmio de Humor do Canal Multishow

+Cidade Coromandel Destaque Coromandel

Danilo Gonçalo, de Coromandel

O humorista coromandelense Tiago Pimentel foi um dos selecionados para a edição deste ano do Prêmio Multishow de Humor, programa produzido pelo canal por assinatura da Rede Globo. Filho do advogado Wilton Dante Pimentel Pereira, o Dantinho, e Aparecida Pimentel, Tiago relembra sua passagem pela rede de ensino de Coromandel, as pessoas que o influenciaram na infância e que contribuíram para sua profissionalização.

Na entrevista ao Jornal de Coromandel, Tiago destaca que a inspiração para seguir na carreira humorística surgiu ao assistir uma peça de Mariinha Santa Rosa, personagem de Reinildes José Ramos.

Formando em Comunicação Social e com especialização em Arte, Cultura e Criação, Tiago Pimentel atua com arte há 10 anos. Ele está casado com Aline Dias e mora atualmente em Uberlândia, onde atua trabalha como publicitário, ator, produtor, diretor e roteirista. Também faz mestrado em Artes Cênicas na Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e dirige a Cia. de Teatro Traquitana, da qual foi o idealizador.

Jornal de Coromandel – Como foi ser escolhido como um dos concorrentes ao Prêmio Multishow deste ano?
Tiago Pimentel – É uma sensação de realização e de grande responsabilidade ao mesmo tempo. Afinal, a cobrança e as expectativas são muitas. Trabalho profissionalmente com teatro há mais de 10 anos. Busquei formação, construí uma trajetória e vivi experiências artísticas que me conduziram a esse resultado. Acredito que ser escolhido é a consequência de um trabalho árduo e apaixonado.

JC – A escolha por si só já é um reconhecimento pelo seu trabalho? O que espera conquistar participando do Prêmio Multishow?
TP – Sim. Acredito que a maioria dos candidatos participe não com o foco no prêmio final, mas na visibilidade que o programa proporciona. A oportunidade de estar em contato com 40 profissionais de humor de todo o Brasil, das mais variadas vertentes, é muito engrandecedora. Os contatos que pudemos fazer e tudo que aprendemos é o que fica de mais valioso. Fomos conduzidos por uma equipe de direção e produção extremamente profissional e isso é um privilégio. O programa foi gravado no começo do ano e eu também estou ansioso para assistir e ver no que posso evoluir. Da minha participação acredito que a maior conquista está na maturidade e confiança no meu trabalho.

tiago humorista

JC – Você sempre buscou esse espaço no cenário nacional ou aconteceu naturalmente?
TP – Como todo programa de calouros, a visibilidade é grande, porém, passageira. Por isso, eu acredito que a busca por espaço é um desafio contínuo. Afinal, todo artista deseja que seu trabalho chegue a um número cada vez maior de pessoas.

JC – Como foi sua trajetória até chegar a esse programa, que irá te colocar em evidência no Brasil inteiro?
TP – Estudo, experimentação, paciência e muito trabalho. Há alguns anos tomei a iniciativa de produzir meus próprios espetáculos, independente de verbas públicas, leis de incentivo ou patrocínio. Além de escrever e atuar, vi que precisaria entender um pouco de cada etapa da produção. Fui com a cara e a coragem para fazer o que gosto e acredito, zelando pela minha independência enquanto criador. Além disso, também atuo em eventos empresariais e vídeos para internet, tento fazer de tudo um pouco. Minha trajetória tem muito de tentar e insistir, com os pés no chão, acreditando que pouco a pouco as conquistas aparecem.

JC – Qual foi a importância das escolas de Coromandel no seu aprendizado de teatro?
TP – Em Coromandel eu experimentei o teatro pela primeira vez. A primeira peça que assisti foi na E. E. Joaquim Botelho, “A bruxinha que era boa” de Maria Clara Machado, que me lembro até hoje. Em Uberlândia me profissionalizei. Eu cresci em Coromandel fazendo teatro na escola. Do primário ao colegial, sempre tive o incentivo para criar e a liberdade para propor. Nesse sentido, o apoio dos professores, diretores e a participação dos colegas foi o impulso inicial para que eu pudesse fazer essa escolha.

mariinha
A personagem Mariinha Santa Rosa: influência na carreira do humorista Tiago Pimentel

JC – Existe alguém, aqui em Coromandel, que você considera uma influência importante na sua carreira?
TP – Além da minha família, minha mãe e maior incentivadora, cito as professoras que sempre apoiaram minhas invenções teatrais. São muitas as pessoas queridas que passaram pelo meu caminho: Laila Murad, Maria Pile, Marilene Machado, Ivani Moura, Vanilda Nascimento, Dona Leide, enfim, seria uma lista enorme. A inspiração veio com a Reinildes José Ramos, assistindo a Mariinha Santa Rosa nas apresentações da Escolinha do Coró na Casa da Cultura, aprendendo com seu humor popular, singelo e carismático. Foi quando eu pensei: quero criar personagens que façam as pessoas rirem. E assim foi. Um dia nos encontramos em um festival e foi muito emocionante para mim, acredito que ela não saiba o quão inspiradora a Mariinha foi para a minha carreira.

JC – Coromandel é um celeiro de artistas, esportistas. O que você tem a dizer para os novos talentos que sonham em ganhar uma projeção, mas ainda têm medo de arriscar?
TP – O risco é uma constante na vida de quem opta por uma profissão como essa. Fazer arte no interior do Brasil é um desafio. Falta apoio, investimento e espaço. Vivemos na luta para suprimir um mercado que não oferece muitas oportunidades. Nesse sentido, acredito que todo risco deve ser calculado. Há que se ter coragem para enfrentar os obstáculos. Mas além do sonho, está o suor. É preciso desmistificar a ideia de sucesso, do ideal de artista que comumente se tem. Projeção é ser reconhecido onde você está, fazendo o que você gosta. O resto é consequência.

JC – Deixe um convite para seus conterrâneos assistirem ao programa…
TP – Convido a todos para assistirem a estreia do Prêmio Multishow de Humor, dia 27 de junho às 22h30. Será um grande prazer contar com a audiência de todos e espero um dia ter a oportunidade de levar um espetáculo a Coromandel. É só chamar que eu vou!

Confira os 40 selecionados para participar do Prêmio Multishow de Humor

multisho

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *