IEF estuda criação de parque ecológico em Coromandel

Coromandel Destaque Coromandel

Danilo Gonçalo, de Coromandel

O Instituto Estadual de Florestas (IEF) estuda a possibilidade de criação de um parque ecológico que ocuparia áreas em Coromandel e Guarda-Mor e teria potencial de ser um dos 20 maiores do Estado. A proposta de viabilidade da criação da Unidade de Conservação Ambiental foi apresentada durante a Conferência Municipal de Meio Ambiente, realizada na última quinta-feira (2).

Segundo o analista ambiental Rubens Maciel Capuzzo, do IEF, o Parque Estadual do Muquém compreenderá uma área estimada de 21 mil hectares, divididos entre Coromandel (85%) e Guarda-Mor (15%). Esta reserva está situada entre o Chapadão do Pau Terra e o Rio Paranaíba, numa faixa de propriedades que se estende até a divisa com o Estado de Goiás.

Segundo o IEF, a área possui extensa vegetação nativa, com formações típicas de cerrado, matas ciliares, galerias, veredas, nascentes e uma extensa fauna a ser protegida.whats

De acordo com o secretário de Meio Ambiente e Mineração de Coromandel, Rubens Teixeira, a criação do parque será apoiada pela Prefeitura. O objetivo da medida é dar proteção à biodiversidade do município e, consequentemente, aproveitar uma fonte de receita: o ecoturismo.

O Parque Estadual do Muquém é ainda um projeto. Para que se torne realidade, será preciso um longo processo. O IEF está mapeando a área e, em seguida, irá conversar com proprietários para apresentar as vantagens de ceder ao Estado o direito de explorar e o dever de proteger o espaço.

Além dos proprietários, a população coromandelense e de Guarda-Mor deverão ser ouvidas, até que o projeto seja apresentado à Assembleia Legislativa de Minas Gerais, para apreciação dos deputados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *