Abate de suínos cresce 5,7% e bate novo recorde em 2015

Agro

Em 2015, foram abatidas 39,26 milhões de cabeças de suínos, aumento de 5,7% em relação ao ano de 2014, de acordo com o levantamento anual realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A série anual mostra crescimento ininterrupto desta atividade desde 2005, culminando com novo patamar recorde em 2015.

O peso acumulado das carcaças de suínos alcançou 3,43 milhões de toneladas em 2015, com aumento de 7,4% em relação ao ano anterior.

Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná foram os principais estados brasileiros no abate de suínos em 2015. Em relação a 2014, Santa Catarina e Paraná aumentaram o volume de cabeças abatidas, enquanto Rio Grande do Sul registrou queda. A participação da Região Sul no total abatido subiu de 65,6% para 66,0%.

Já no 4º trimestre de 2015 foram abatidas 10,22 milhões de cabeças de suínos, representando aumentos de 0,3% em relação ao trimestre imediatamente anterior e de 7,6% na comparação com o mesmo período de 2014. Este resultado representa novo recorde desde que se iniciou a Pesquisa em 1997.